Avatar da Contraktor

por Francesco Fumagalli

Trabalhar sem sair de casa já era uma realidade para algumas pessoas muito antes da pandemia da Covid 19. Com a popularização dos computadores pessoais e da internet a partir dos anos 90, algumas empresas começaram a testar este modelo, e desde então o home office foi se consolidando como alternativa ao trabalho presencial. 

O que a crise do coronavírus fez neste contexto foi acelerar um processo que já vinha ocorrendo.

Acontece que muitas pessoas e empresas se adaptaram tão bem à modalidade, que pretendem continuar assim daqui pra frente. Outras, no entanto, já iniciaram a retomada do modelo presencial.

Vejamos então o que é home office, quais os seus prós e contras, e o que esperar deste cenário nos próximos anos.

O que é home office?

A expressão, do inglês, significa “escritório em casa”. É uma modalidade de trabalho em que o funcionário não precisa ir até a empresa para exercer suas funções, podendo montar sua estrutura de trabalho em sua própria residência.

Enquanto as expressões trabalho remoto ou trabalho híbrido pressupõe flexibilidade e mobilidade para trabalhar de diferentes locais – casa, coworkings, cafés e a própria sede da empresa – o termo home office diz respeito especificamente ao trabalho em casa.

No Brasil, este modelo de trabalho está regulamentado desde 2017, pela lei 13.467, embora tenha surgido oficialmente em 1997, no Seminário Home Office/Telecommuting – Perspectivas de Negócios e de Trabalho para o Terceiro Milênio.

o que é home office

Quais as vantagens do home office?

Muitas são as vantagens de poder trabalhar em casa. Dentre as mais citadas, inclusive aqui na Contraktor, estão:

  • Flexibilidade: com mais tempo disponível e menos rigidez de horário, é possível organizar sua rotina de trabalho com mais liberdade;
  • Qualidade de vida: menos tempo no trânsito, mais tempo com a família ou realizando alguma atividade de preferência;
  • Produtividade: se é verdade que produzimos mais quando nos sentimos bem, então este item pode ser consequência natural dos dois anteriores;
  • Economia: redução dos custos de deslocamento e alimentação para o funcionário, e de infraestrutura para as empresas.

Leia também: Assinatura digital para pequenas e médias empresas

Quais os principais desafios?

Agora que conhecemos algumas vantagens do home office, é importante olharmos também para os desafios desta modalidade. Caso não seja dada a devida atenção, é possível que eles acabem se tornando verdadeiras desvantagens. Vamos lá:

  • Falta de estrutura adequada: como a maioria das casas não conta necessariamente com um escritório, é muito comum improvisar e trabalhar horas em condições muito pouco ergonômicas e desfavoráveis à concentração;
  • Dificuldade de estabelecer limites: tanto de tempo quanto de espaço; muitas pessoas encontram dificuldades em separar trabalho da vida pessoal. A linha divisória realmente fica tênue, e pode ocorrer sobrecarga de trabalho, ou o contrário;
  • Falta de interação social: quando o distanciamento social deixa de ser uma medida sanitária e passa a ser um modelo definitivo, é muito importante pensar em formas de compensar esta falta de interação presencial com os colegas. 

Pensando nesses desafios, daremos, a seguir, algumas dicas para tornar o seu home office mais saudável e produtivo.

o que é home office

Dicas importantes para o home office

  • Invista na estrutura: não é por acaso que colocamos este no topo da lista. É fundamental que você crie um ambiente propício para o trabalho e para sua saúde. Mesa, cadeira, ferramentas de trabalho, boa conexão de internet, iluminação adequada etc;
  • Estabeleça horários: em alguns casos, a própria empresa os determina, mas nem sempre é assim. Por isso, é importante que você tenha hora para começar, fazer pausas e terminar. Lembre-se, mesmo que a linha seja tênue: casa é casa, trabalho é trabalho;
  • Movimente-se: é aconselhável levantar e dar uma volta ou fazer alongamentos a cada trinta minutos sentado. Isso reduz risco de dores na coluna e outros problemas de saúde ainda mais sérios;
  • Interaja: a falta de interação com outras pessoas pode ser um grande problema no home office. Use as reuniões (mesmo virtuais) e os canais de comunicação da empresa para conversar, pedir feedback do seu trabalho e até bater um papo descontraído com colegas. E, não menos importante, busque encontrar presencialmente pessoas de sua equipe e empresa sempre que possível.
  • Use a tecnologia a seu favor: ferramentas como Slack (comunicação), Asana (gestão de projetos em equipe), Todoist (organização pessoal), Contraktor (assinatura e gestão de documentos digitais) e tantas outras podem se tornar poderosas aliadas no trabalho em home office, aproximando pessoas e agilizando processos.

Tendências para os próximos anos

Depois de dois anos em meio a uma pandemia mundial, já numa fase de diminuição de casos e volta à normalidade, é provável que surja o questionamento: e agora, voltamos ao presencial? ficamos em home office?

Estudos indicam que a tendência é que empresas adotem cada vez mais o modelo híbrido. Neste caso, o funcionário pode alternar dias de trabalho em casa e dias na empresa, unindo os benefícios de ambos.

Se para os funcionários isso é uma boa notícia, para as empresas trata-se de uma questão crucial para competitividade e retenção de talentos.

A Contraktor

Somos uma plataforma de gestão de documentos eletrônicos e assinatura digital que faz todo o gerenciamento do fluxo de contratos da sua empresa. Mais de 1 bilhão de reais em contratos já foram gerenciados na plataforma e mais de 500 mil pessoas já usaram nossos serviços.

Você pode testar a plataforma agora mesmo! Clique no botão abaixo para saber mais e fazer o seu teste grátis:

 

Gostou? Compartilhe.

Posts relacionados

© 2022 Contraktor – Todos os direitos reservados